Roteiro Turístico Histórico de Tiradentes
O ouro descoberto por João Siqueira Afonso, em 1702, no local denominado “Ponta do Morro” atraiu um grande número de pessoas que, interessadas na exploração, ergueram uma capela e formaram um arraial que ficou conhecido com Santo Antônio da Ponta do Morro.

Tiradentes foi uma das cidades que mais teve ouro de superfície no Brasil, e graças a esta abundância, o arraial se desenvolveu, sendo elevado em 1718, à categoria de Vila de São José del Rei, ganhando a configuração arquitetônica que permanece até hoje.

A decadência do metal não impede a Coroa Portuguesa de lançar a derrama, exigindo o pagamento compulsório de impostos atrasados do quinto do ouro. Esta atitude opressora da metrópole faz nascer um sentimento revolucionário, que ficou conhecido como Inconfidência Mineira.

Em 06 de dezembro de 1889, com a valorização da figura do alferes, o governo republicano, decide trocar o nome da cidade para Tiradentes , homenageando o filho ilustre, nascido em 1746 na fazenda do Pombal, à margem direita do rio das mortes e em 1938, não só a cidade, mas todo seu entorno paisagístico é tombado pelo IPHAN, e hoje, Tiradentes se orgulha de sua vocação turística, sendo considerada um dos pólos turísticos mais importantes do Brasil.


Bosque e Poço da Matriz
O famoso Chafariz de São José de Botas não era o único reservatório de água da cidade de Tiradentes. Localizado atrás da Matriz de Santo Antônio, o Poço da Matriz também era utilizado na coleta de água e foi restaurado em 1992 pela Sociedade dos Amigos de Tiradentes. Dica: trata-se de uma construção comum, em local sem clara sinalização de acesso. Caso o visitante se interesse em conhecer o local, pode ser útil pedir orientações a moradores sobre como chegar ao Poço.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual
Mapa >>

Cadeia Pública (Antiga)
Na rua direita em frente a capela do Rosário se encontra a capela púplica. A casa original, de 1730 foi devastada por um incêndio em 1829, sendo recontruída em 1835. Possui 17 janelas de cantaria protegidas por pesadas grandes. Abriga hoje o museu Arte Sacra.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Câmara Municipal
A Câmara Municipal de Tiradentes é datada de 1717 e chama a atenção pela ampla varanda na frente da construção. A proximidade com a Matriz de Santo Antônio, maior e mais famosa igreja de Tiradentes, indica que política e religião ocupavam posição de destaque no cotidiano da cidade. A atual casa paroquial localiza-se bem próximo à Casa da Câmara, além de uma das Capelas dos Passos – em funcionamento principalmente durante a Semana Santa – e de um busto em homenagem a Joaquim José da Silva Xavier, também na Praça da Câmara.

Entre 1825 e 1840, a cadeia da cidade sofreu um incêndio e uma prisão improvisada foi instalada no porão da Câmara Municipal. Dica: o visitante atento poderá visualizar um pouco da estrutura dessa prisão quando descer a Rua da Câmara e avistar o porão, bem como as pesadas e robustas estruturas de ferro utilizadas para deter os presos.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Centro Cultural Yves Alves
A charmosa casa no número 168 da Rua Direita pode não chamar a atenção imediata, mas a sede do Centro Cultural Yves Alves é um espaço que respira cultura. Fundado em janeiro de 1998, o centro foi construído para ser palco de variados eventos culturais em Tiradentes, como espetáculos de dança, oficinas diversas, cinema, apresentações musicais, palestras, seminários, debates e workshops, entre outros.

A estrutura do centro cultural inclui auditório com capacidade para mais de 110 pessoas (além de camarote e ar condicionado), sala de imprensa, cafeteria, sala de reuniões e sala de projeção de filmes. Apesar do intenso patrimônio cultural, Tiradentes não possuía muitos espaços destinados especificamente a apresentações culturais. O estabelecimento da iniciativa, viabilizada pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, contou com a participação da Prefeitura Municipal, da Sociedade dos Amigos de Tiradentes e da Fundação Roberto Marinho.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Chafariz de São José
A grandiosidade do Chafariz de São José de Botas impressiona os visitantes de Tiradentes. Datada de 1749, a construção se destaca por ter similaridade com uma fachada de igreja. A água abastecia os habitantes e os animais da cidade, além de ser utilizada para lavagem de roupas. Tudo isso era feito no mesmo local? Sim, pois a construção possuía três pontos de reserva de água. A primeira, que caía das três fontes, era reservada ao consumo humano. Havia também dois tanques laterais: um era utilizado para abastecimento de animais e o outro por escravos que se encontravam no local para lavar roupas.

Com elementos barrocos e trabalhado em quartzito, o Chafariz apresenta uma imagem de São José de Botas, padroeiro dos bandeirantes e desbravadores. A bela cruz esculpida em pedra e o brasão com as armas de Portugal também são atrações.

Só resta uma dúvida: de onde vem a água que abastece o chafariz? De uma fonte localizada no Bosque Mãe D'Água, cuja entrada fica bem perto do Chafariz de São José. Um antigo aqueduto de pedra filtra a água que é levada até a imponente construção.

Dica: aproveite o passeio para também visitar o Bosque Mãe D'Água, amplo espaço arborizado que possui um calçamento construído por escravos de aproximadamente 1 km. O acesso é gratuito, porém a entrada ocorre por um portão controlado por zelador.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Imagem 360 graus



Instruções de Uso: Para visualizar o ambiente em 360 graus utilize os botões logo acima ou clique com o mouse dentro da imagem e arraste. Para ver a imagem com mais detalhes, utilize a função "Tela Cheia"


Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Largo das Forras
O Largo das Forras é mais do que a principal praça de Tiradentes. Para os habitantes da cidade, trata-se de um ponto de encontro em que é possível jogar cartas, ver apresentações culturais ou simplesmente conversar. Para os visitantes, é um local que concentra grande quantidade de pousadas, restaurantes, lojas de artesanato e serviços de informação aos turistas. Já ouviu falar dos famosos passeios nas charretes coloridas de Tiradentes? O Largo é um dos pontos em que elas podem ser encontradas. Dica: converse com os charreteiros para saber quais personalidades já realizaram esses passeios.

Localizada em um imponente casarão do século XVIII, a Secretaria de Cultura e Turismo (no mesmo prédio da Prefeitura Municipal) fornece informações relevantes sobre atrações turísticas, hospedagem e alimentação. O Largo também tem a presença da Capela do Bom Jesus da Pobreza, datada do século XVIII, além de uma pequena Capela dos Passos, em atividade principalmente na Semana Santa.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Imagem 360 graus



Instruções de Uso: Para visualizar o ambiente em 360 graus utilize os botões logo acima ou clique com o mouse dentro da imagem e arraste. Para ver a imagem com mais detalhes, utilize a função "Tela Cheia"


Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Largo do Sol
O Largo do Sol é um espaço amplo e arborizado que fica próximo à Rua Direita e à Matriz de Santo Antônio. Os principais atrativos do local são a Igreja de São João Evangelista, que era frequentada por negros alforriados e foi concluída somente no século XIX, além do Museu Padre Toledo, considerado o local onde ocorreu a primeira reunião dos participantes da Inconfidência Mineira.

O Largo também conta com uma estátua em homenagem a Joaquim José da Silva Xavier (alferes Tiradentes), inaugurada em 2002. Curiosidade: vale a pena conferir a escultura, que contém os prováveis trajes e a imagem de como teria sido Tiradentes, distinta daquela encontrada frequentemente nos livros didáticos de História.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Imagem 360 graus



Instruções de Uso: Para visualizar o ambiente em 360 graus utilize os botões logo acima ou clique com o mouse dentro da imagem e arraste. Para ver a imagem com mais detalhes, utilize a função "Tela Cheia"


Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Maria Fumaça
O barulho dela pode ser ouvido de longe e é uma marca registrada de Tiradentes. O passeio de Maria Fumaça reserva encantos a crianças, jovens e adultos, que se revezam entre os sentimentos de surpresa e admiração. A viagem de Tiradentes a São João del Rei, que dura pouco mais de 30 minutos, fica na lembrança dos visitantes, que podem avistar de um dos nove vagões cenas típicas do interior de Minas Gerais e o imponente Rio das Mortes.

A Maria Fumaça foi inaugurada em 1881 pelo então Imperador Dom Pedro II. O turista atento perceberá o apito típico da locomotiva de vários pontos da cidade. Uma curiosidade é ver como os funcionários da rodovia viram a locomotiva. É possível conferir essa curiosa operação na própria estação ferroviária. A locomotiva que faz o transporte de passageiros foi produzida nos Estados Unidos pela Baldwin Locomotiv Works.

Dica: a cidade de São João del Rei conta com o interessante Museu Ferroviário, que funciona na Estação Ferroviária da Estrada de Ferro Oeste de Minas e apresenta equipamentos, painéis ilustrativos e fotografias que contam um pouquinho da história dessa imperdível atração turística.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Imagem 360 graus



Instruções de Uso: Para visualizar o ambiente em 360 graus utilize os botões logo acima ou clique com o mouse dentro da imagem e arraste. Para ver a imagem com mais detalhes, utilize a função "Tela Cheia"


Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Ponte das Forras
A Ponte das Forras liga o Largos das Forras ao Largo das Mercês, no certo histórico de Tiradentes. A charmosa construção de pedra, datada do século XVIII, passa sobre o Ribeiro Santo Antônio, afluente do Rio das Mortes, importante curso d'água da região. É possível que o nome da ponte e do largo faça referência à grande quantidade de escravas alforriadas que transitavam pelo local. Próximo à ponte, partem passeios em pequenos cavalos, ideal para transportar crianças com segurança.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Imagem 360 graus



Instruções de Uso: Para visualizar o ambiente em 360 graus utilize os botões logo acima ou clique com o mouse dentro da imagem e arraste. Para ver a imagem com mais detalhes, utilize a função "Tela Cheia"


Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Prefeitura de Tiradentes
Localizada no Largo das Forras a prefeitura oferece informações importantes para os turistas através da secretaria do turismo.

O sobrado que hoje abriga a Prefeitura Municipal chama a atenção pelo seu porte. É a única edificação de três pavimentos do centro histórico de Tiradentes.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Sobrado Aimorés e Sobrado Ramalho
O encontro da Rua Direita com a Rua da Câmara apresenta ao visitante de Tiradentes dois locais destacados pela grandiosidade das construções: o Sobrado Ramalho e o Sobrado Aimorés. A imponência de ambos em meio às casas de apenas um andar chama a atenção de quem observa a arquitetura da cidade. As duas construções são datadas do século XVIII e atualmente concentram atividades de instituições importantes para moradores e turistas.

O Sobrado Ramalho, residência da tradicional família que fundou a Orquestra e Banda Ramalho em 1860, abriga, além de uma coordenação do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), as sedes da Sociedade dos Amigos de Tiradentes e do Instituto Histórico e Geográfico de Tiradentes. Já no Sobrado Aimorés funciona o Centro de Cultura e Patrimônio, Memória e Cidadania de Tiradentes.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual

Confira imagens desta atração:
Mapa >>

Solar do Padre Caldeira / Biblioteca do Ó
Fundado em 1996, o Instituto Cultural Biblioteca do Ó recepciona moradores de Tiradentes e visitantes interessados em conhecer e frequentar um local voltado à cultura, com exposição de pinturas e obras de artes plásticas, além de uma grande quantidade de livros – à venda e também para empréstimo.

O espaço, localizado no Largo do Ó, também conta com várias exposições, entre elas, sobre a memória da litografia em Minas Gerais. Mas, afinal, o que é litografia? Trata-se de uma técnica de impressão em pedra desenvolvida na Alemanha, no século XVIII. A exposição apresenta belas imagens desse trabalho que soma arte com técnica e fascina os visitantes. O Instituto Cultural é aberto a visitações e possui uma ampla variedade de livros sobre temas diversos.

Fonte das Informações: Tiradentes Virtual
Mapa >>

<< Voltar     Topo




 
Pousada Chafariz das 4 Estações
Contatos: (32) 3355-1352 | contato@chafarizdasquatroestacoes.com.br
Rua do Chafariz, 120. Centro Histórico de Tiradentes, Minas Gerais
Home | Pousada | Acomodações | Estrutura | Tour Virtual | Reservas | Notícias | Turismo | Contato
Pousada no Centro de Tiradentes

2017 Copyright Chafariz das 4 Estações - Fone: (32)3355-1352
 
Pousada Chafariz das 4 Estações
Contatos: (32) 3355-1352 | contato@chafarizdasquatroestacoes.com.br
Rua do Chafariz, 120. Centro Histórico de Tiradentes, Minas Gerais
Home | Pousada | Acomodações | Estrutura | Tour Virtual | Reservas | Notícias | Turismo | Contato
Pousada no Centro de Tiradentes
2017 Copyright Chafariz das 4 Estações - Fone: (32)3355-1352